Tenho um cachorro hiperativo, o que fazer?

Eles são assim: Elétricos, espevitados que não conseguem parar quietos por um minuto sequer deixando qualquer um maluco e a casa de pernas pro ar.

Quando se tem um cão muito agitado, a primeira coisa que devemos fazer é observar se realmente é um caso de hiperatividade. Sim, porque muitas vezes esse cãozinho julgado hiperativo está somente precisando gastar energia normalmente. Quando um cão não exercita e não gasta a energia física e mental vai extravasar de alguma forma e geralmente nessa hora fazem um monte de besteiras.

Algumas causas da hiperatividade:

Cães com distúrbio de déficit de atenção e hiperatividade costumam ter dificuldade de se concentrar apenas em um estímulo, dando a impressão de estar prestando atenção em tudo ao mesmo tempo. De maneira semelhante ao que ocorre com crianças com o mesmo diagnóstico

O hipertiroidismo e o aumento dos níveis de estrógeno também podem ser as causas de hiperatividade.
Exames de sangue podem ser úteis para o diagnóstico do problema.

Abaixo algumas dicas para lidar com a hiperatividade:

- Um cão que passa muito tempo sozinho pode destruir móveis, latir demasiadamente, pegar chinelos, carteiras e suas coisas pessoais para chamar a atenção. Passeie com ele por no mínimo duas vezes por dia e se não puder, contrate um passeador de confiança para manter seu cachorro sempre com a energia baixa e menos ansioso.

- Compre brinquedos interessantes. Existem hoje no mercado variedades de brinquedos inteligentes que estimulam a mente e o físico dos cães. Você encontra em Pet shop ou em lojas virtuais.

- Coloque seu cão numa creche canina. Isso é uma grande ferramenta para socializar seu cão e ainda também uma forma de gastar a energia acumulada que ele tem.

- Castre seu cão! O macho pode sentir o cheiro da fêmea no cio a quilômetros de distância e isso o deixará extremamente agitado e ansioso.

- Uma boa ferramenta para os casos mais críticos é o uso dos florais. Eles tem tido um excelente resultado nos casos de ansiedade. *Consulte o veterinário.

- Mantenha seu peludo ocupado! Esconda petiscos ou brinquedos pela casa, Estimule-o a fazer a “busca” para que ele tenha o que fazer.

- Se você tem uma esteira de exercícios, vai ser muito bom seu cão usá-la também. Com o seu peludo com fome, coloque-o em cima da esteira desligada. Ligue na velocidade mínima e com uma das mãos a frente dele, estimule-o a pegar petiscos na sua mão. Conforme ele for se acostumando, aumente gradativamente a velocidade, sempre supervisionando e use coleira comum, nunca enforcador.

- Compre uma Mochila para cães. A maioria dos problemas de comportamento dos cães está ligada a falta de exercícios tanto metal quanto físico.

Com a mochila, o cão passará a ter um “trabalho” a executar que será carregar nas costas algo que não é rotineiro para ele. A partir daí ele irá aprender a se concentrar para andar com o apetrecho novo, a mochila.

- Agora a dica mais difícil para o dono: Não ache graça nos comportamentos errados. Se você mostrar para seu cão que isso é engraçado e não corrigir, como ele vai entender o que pode e o que não pode?

- Caso você não consiga lidar com esse furacão de pelos, chame um adestrador para auxiliar a educação do seu cão.

- E por fim, muuuuuita paciência! Não esqueça que cães normalmente precisam de exercícios, principalmente se o cão apresentar hiperatividade. Caminhe, jogue bolinha, esconda petiscos, nunca esquecendo que 10 min podem ser suficientes para você mas não para seu cão.

* No caso da mochila, as raças que NÃO podem usar são:

Cães idosos, filhotes, raças com o dorso longo [Basset hound, Daschshund],  pois se o cão tiver algum problema de coluna pode agravar o quadro.
Cães com displasia, cães com focinho curto ou cães que tenham algum problema de saúde.

Sempre consulte o veterinário antes de aplicar este acessório.

Compartilhar/Favoritos

23 respostas a Tenho um cachorro hiperativo, o que fazer?

  • Elaine Natal disse:

    Olá Jania,
    Eu não entendi sua pergunta.
    Abç!

  • Jania Rodolfa disse:

    Minha fila é da base da foto oque fora tudo que foi sitado e se tem uma alternativa em alimento ou medicação para acalmala

  • Elaine Natal disse:

    Ola Anaih,

    poxa, sinto muito pela situação.
    Por ser um caso complexo, infelizmente eu não tenho como te orientar por aqui, seria imprudente.
    Peço que procure um comportamentalista da sua região para que ele possa lhe orientar.
    Vão ser necessárias várias aulas, colaboração da família e total comprometimento para que consiga resultado.
    Forte abç!
    Elaine

  • anaih disse:

    olá, tenho uma weimaraner q comprei com 40 dias, hj ela está com 2 anos e meio. mudamos de casa em dezembro, foi muito stressante para ela, pois via as pessoas levarem os moveis de casa e n podia evitar o “roubo”. para a viagem para a nova casa (saimos de sp e fomos para campinas, 100km), demos dramin para q ela desse uma relaxada, orientada pela ex vet dela. ok… ela n relaxou, ela veio no porta malas do carro (temos um fit, tiramos o tampão, entao ela estava confortavel), com um lençol e o amado femur defumado dela. durante a viagem toda ela escondia o osso debaixo do lençol e deitava em cima dele. Chegamos na nova casa, ela estava transtornada, corremos logo para um pet q fica ao lado e a vet recomendou o bioflorais de adaptação do novo lar e ansiedade e nao passear com ela por uns dias. ok… 3 dias depois ela tinha voltado ao normal, começamos a passear com ela, leváva-mos ela ao parque dos cachorros q tem dentro do condominio onde moro, mas devido à uns problemas paramos de levar. ficou 2 meses. como minha filha entrou de ferias no inicio do mes de julho, ela passou à levar a Bloo todos os dias no parque e ficava lá por 2h e voltava. Com o passar dos dias ao inves dela chegar em casa, beber agua e capotar, não!!! ela queria mais! cada vez mais e mais!!! se a gente sai e nao a leva, ela faz o maior escandalo!!! ela chora, uiva, grita até a gente voltar, coisa q ela nao fazia antes. ela tem a compania de uma york+pincher Juju, qual ultimamente ela vem aterrorizando a pobre coitada da pequena Juju. Sem falar da destruição em massa!!! ela destroi tudo q ela vê pela frente, sempre foi assim, isso a gente nunca conseguiu tirar, a lista é imensa… até vanish ela já chegou a comer e tivemos q correr com ela pro vet!!! minhas vassouras sao todas comidas no cabo, destruiu o armario q tinha no quintal, comeu o cano do tanque de roupas, abriu uma “janela” na casinha reciclavel q compramos e cada dia abre mais. compramos um borrifador para parar de morder as coisas, melhorou a situaçao, mas n parou.
    paramos de levar ela de passear para ver se ela entendia, mas nao… ela nao pára momento algum, compramos florais para ela, já cheguei a dar calmante pra ela, mas ela nao acalma!!! ela fica o tempo todo ativa, o rabo nao pára de balançar para todos os lados e alto!
    o comportamento dela está atipico do q ela já foi, nao houve mudança de raçao e nem nada da residencia. Já tive muitos caes, nunca passei por isso. Por favor, me ajude!

  • Elaine Natal disse:

    Olá Bianca,
    ao que me parece ela não é hiperativa, só está dendo um filhote de Pit mesmo…rs
    O que me parece é que vcs não tem controle sob o comportamento dela, digo, ela está fazendo tudo como ela quer e quando ela quer…rs
    Devemos sim, comprar brinquedos e fazer brincadeiras junto com o cão, mas tb temos que saber usar esse momento para praticar obediência e não fazer disso uma coisa desordenada.
    Abaixo vou listar algumas dicas pra vc:
    - Comprar brinquedos interessantes. Procure nos sites atuais (dá uma busca no Google sobre brinquedos para cães).
    Existem vários que estimulam a mente e o físico do cão e ajudam a gastar a energia ocupando o tempo ocioso do cão.
    PS: Não deixar todos disponíveis para ela ao mesmo tempo. Junte todos e faça um rodízio durante a semana, assim ela não vai “enjoar” deles.
    - Como vc mesma disse, use a mochila para as caminhadas.
    - A forma de levar o cão na rua interfere diretamente no resultado desse exercício.
    Fazer o cão esperar para sair, fazer ele sair com calma e sempre depois de vc, não deixar que ele te puxe, ao invés de “passeio” fazer uma “caminhada” com ritmo, são regrinhas básicas para que vc tenha mais controle sob o cão e consequentemente ele fique mais tranquilo.
    - Fazer o cão sentar e esperar para que vc jogue a bolinha por exemplo é uma forma de mostrar que vc controla a brincadeira.
    - Cães adoram brincar de cabo de guerra, é normal. Mas se vc brincar com ela dessa forma e ela sempre ganhar essa disputa, a mensagem que vc está passando é que “ela é mais forte” e isso vai fazer com que ela veja vc como a pessoa mais fraca, testando sempre vc dessa forma.
    - Se vc puder dividir o passeio em 2 x de 30min pelo menos seria ótimo, mas caso não seja possível, continue caminhando por 40 min, porém da forma que expliquei acima.
    - Se possível contrate um adestrador para ensinar comandos básicos para ela tipo: Senta, fica, deita, aqui, junto. Isso vai ajudar e muito que vc tenha o controle maior dela.
    Forte abç!
    Elaine

  • Bianca Ivy disse:

    Eu tenho uma pitbull de 6 meses, nossa me dá um trabalho eu antes de comprar pesquisei bastante na net sei que o cão tem uma energia imensa, tudo bem comprei ciente já disso mas a minha cachorrinha parece que brinca como se fosse “morrer amanhã”, ela só fica sozinha 3 dias por semana durante 6 horas, nos outros dias sempre tem alguém para ficar com ela, tem um monte de bolinhas e ursinhos, brincamos de tudo de pegar bolinha que é oque ela mais gosta, correr atras dela pra pegar a bolinha hahahahaha, passeio com ela de 40min a 1 hr por dia, já estou ficando sem criatividade! Eu já reparei que ela gosta muito de puxar as coisas estou quase arrumando um emprego pra ela de caminhão reboque, pra ver se essa energia acaba né por que tá tenso. Gostaria de saber oque mais eu posso fazer eu amo passear com ela mas passear mais de 1 hr por dia pra mim fica puxado, eu dava a ela a ração golden 200g 4x por dia, ela enjuou e agora eu dou pedigree ela nem come mais na mesma frequência, a veterinária dela indicou papita mesmo mas quando eu dou ração baratinha ela fica mais doentinha a ração Kanina então nem se fala arreia ela, gostaria de uma ajuda em idéias, já vi que vou ter que comprar a mochila!!! Obrigada desde já.
    Bianca.

  • Elaine Natal disse:

    Ola Gisele,

    é muito bom poder colaborar de alguma forma nessa convivência.
    Um cão em casa ás vezes requer mais do que tínhamos imaginado, mas com certeza sempre vai valer a pena!
    Forte abç!
    Elaine

  • Gisele Apª Alcântara disse:

    Nossa adorei a matéria, e pena que aqui na minha cidade não tenho um curso desses tão importante para todos que tem cães e gostam do seu peludo, adotei recentemente um filhotão lindo, mas descobri já nós primeiro dias sua hiperatividade, por isso tenho me dedicado a gastar bastante energia, faço todos as noites caminhadas com ele, comprei brinquedos para que ele possa se distrair durante as horas que não estamos em casa, eu tenho muita paciência mas tenho enfrentado problemas com meu esposo, que está pensando em doar ele, eu não quero! vou fazer de tudo para que o Marley fique comigo, por isso preciso de ajuda! Obrigada por todas as informações que vocês tem passado para nós, isso é muito importante!

  • Elaine Natal disse:

    Vc tem um cachorro que precisa de umas regrinhas e de muito exercício!
    Não adianta comparar com os outros que vc tem, ele é diferente e precisa de mais dedicação mesmo.
    Oriento que contrate um profissional para te orientar pessoalmente pois alguns casos é complicado falar sem ver a real situação.
    Forte abç!
    Elaine

  • Mariana disse:

    Estou enlouquecendo coma cachorra da minha irmã! Ela pegou da rua, faz quase um ano já…deve ter uns dois anos de idade, castrou e tudo mais.Agora ela veio morar com a gente.O problema é que esta cachorra é ligada no 220.Tenho mais dois poodle micro toy e dois gatos.Ela é vira lata, porte médio a grande.Ela já comeu meu travesseiro, o rolo que fica em cima da minha cama, o travesseiro dos meus cachorros e tudo o que ve pela frente ela come ou morde. Ela não para, vive me lambendo e mordendo e me arranhando.Corre atrás dos meus gatos, está uma vida muito sacrificante, pois meus gatos quase foram embora, parece uma prisão aqui em casa, separa um, prende o outro pro outro comer e assim vai…não aguento mais…Eu e minha mãe que cuida dela, minha irmã não cuida.Só agrado ela qdo ela está menos agitada , ela não obece de jeito nenhum, comeu as duas almofadas da sala, minha mãe quis morrer.Durante o dia ela fica do outro lado da casa onde tem uma garagem, mas não é tão grande como oq uintal onde ficam os meus cachorros.Solto ela lá pelas 17:00 da tarde e fica até umas 22:30 junto com os outros cachorros, mas ela quase mata os meus, ainda mais o Kash que está velhinho e com tumor na boca, ela dá patadas nele e espreme ele no chão, por isso não posso deixá-la com os meus dois durante o dia sem ninguém na casa.
    Quando era só meus dois cachorros e meus gatos ficavam juntos o dia todo sem problema.
    Eu vi em um site que precisa dar anfetamina pra este tipo de cachorro. Hoje ela de pular em mim rasgou minha blusa novinha, quase chorei!Sea gente der ela pra outra pessoa, ninguém aguenta e vai abandonar, vai virar cachorro de rua e eu não sei mais o que fazer, estou em um ponto que estou enlouquecendo.
    Eu sempre tive cachorros desde de qdo nasci, nunca em minha vida passei um dia sem cachorros, mas está cachorra é fora do comum.Tenho dó dela por ser assim, mas ela não pode ficar junto com os meus porque senão ela mata brincando.Ela é muito estúpida e desengonçada. Outro dia fuir dormir e levei ela junto, quem disse que ela parava.Coloquei ela na cama comigo pra verse dava sossego, que nada.Ficava me lambendo e mordendo o tempo todo.

  • Elaine Natal disse:

    Ola Selma,
    o problema da sua filhote é provavelmente tédio.
    Ela faz alguma atividade? Caminhadas?
    Ela tem brinquedos? Se tiver, não deixe todos disponíveis ao mesmo tempo para ela, pois ela vai acabar enjoando rápido.
    O certo é vc ir revezando os brinquedos durante a semana.
    COmpre alguns dos que chamamos de “brinquedos inteligentes”. É só procurar na internet que vai achar vários sites que fornecem.
    Leve ela na rua pelo menos 2 x ao dia para caminhar.
    Converse com o veterinário se ele autoriza o uso de mochila para ela. É mt bom para gastar energia física e mental.
    QUanto aos Florais, pergunte tb a ele. ELe deve conehcer algum Vet que prescreva as fórmulas para ser manipulada de acordo com o caso dela.
    Abç!

  • selma de lurdes sacomano disse:

    oi tenho uma cachorrinha poodle de 9 meses e imperativa nao para um minuto sequer ja machucou ate a patinha traseira de rtanto que pula ela nao anda ela pula posso dar florais pra ela acalmar um pouco e qual o melhor me ajuda por favor

  • Elaine Natal disse:

    Ola Simone,
    O que aconteceu é que provavelmente qd vc a pegou ela estava com dor e amuada por causa dos vermes, agora que está bem de saúde está normal. rsrsrsrs
    Olha, aconselho que a procurar um profissional para te orientar.
    Provavelmente ela está precisando mesmo é de atividades e regras, mas acho mesmo que algumas aulinhas para ela e tb para a família é a chave do sucesso pra vcs.
    Abç

  • Elaine Natal disse:

    Olá Célia,
    O que falta para seu cão é atividade.
    Procure levar ele para caminhadas pelo menos 2 x ao dia com cada passeio com duração de uns 40 min cada.
    Chinelada não resolve e não recomendo!
    Brinquedos diferentes sendo revezados pela semana, atividades, regras e socialização são fundamentais para que ele melhore.
    COnverse com o veterinário e veja se ele autoriza o uso da mochila para cães.
    Caso sim, compre nos sites de Pet e use durante as caminhas, vai ajudar mt.
    Abç

  • celia disse:

    meu cachorro foi achado na rua mais ou menos 2 meses,hoje ele já está com 7 meses,mas ele nao obedece ninguem,só brinca de correr empurrando alguma coisa,bola,balde ele destroi todos os baldes de plasticos morde todos tenis e sandalias e também os movéis ,mordeu meu sofá e os pes da minha mesa. o que faço pois quando chamo a atençao ou vou dar uma chinelada nele ele rosna pra min?

  • simone santos disse:

    boa tarde, adotei uma cachorra com + ou – 2 meses encontrada na rua e ela era muito tranquila. Porem, após ser vermifugada ela virou uma capeta….não sabe brincar, só morde, alem de ter crescido muito rsrsrsrs… minha casa tem um espaço de aproximadamente 200m² para ela correr e brincar mas ela é muito elétrica e quando entra em casa, pula direto na cama e machuca quem estiver pela frente. quando saio com ela na rua, ela pula em todas as pessoas que encontrar pela frente e acaba machucando as pessoas pelo fato de ser grande e desajeitada. Ja tive varios caos, mas nao estou sabendo lidar com ela pois ela acaba com a minha paciencia! o que posso fazer para que ela fique mais calma? Alias o nome dela é Morena?

  • Elaine Natal disse:

    Olá Tatiane,
    Para que ela para de destruir as coisas ela precisa de: Brinquedos interessantes (Pet shop ou mesmo lojas virtuais), compre um bom “repelente de ambientes” para usar nos locais que ele está roendo e o mais importante ele te que fazer caminhadas, ir na rua.
    Não entendi pq ele tem que ir no colo… Cães precisam e gostam de caminhar!
    Abç

  • tatiane brandao de menezes disse:

    Adotei um cão desde 30 dias de nascido.Não sei que raça ela é, mais ela acaba com tudo se eu deixar perto dela como roupa,adora destruir madeira.Em compensação adora um carinho,mais quem ela vê na frente dela ela pula nas pessoas querendo carinho e brincar .Ela tem nove meses.Será que vai melhorar,eu não levo muito para passear porque ela ta muito pesada e eu não aguento carregar.O que eu posso fazer pelo amor de Deus.

  • Elaine Natal disse:

    Ola Manoela,
    Para ela andar junto, tente ensinar com petiscos. Toda vez que ela andar do seu lado, recompense e quando ela puxar, pare e espere ela se acalamr para voltar a andar.
    Quanto ao fato dela ser mt agitada, provavelmente ela não tem atividades suficientes que a deixem cansada.
    Quanto mais ela ficar presa, pior o comportamento.
    Abç
    Elaine

  • Manoela peters disse:

    Elaine A minha cadela que se chama jolie ela tem 1 ano e não sabe passear como posso fazer para ela aprender???E ela também quando agente solta ela ela só pula parece que não gasta as suas energias o que posso fazer????? UM FORTE ABRAÇO DE MANOELA PETERS

  • Elaine Natal disse:

    Abaixo envio os detalhes do curso:

    PROGRAMAÇÃO:

    SÁBADO

    * Entendendo como seu cão pensa
    * Linguagem e expressão corporal dos cães
    * Comportamentos instintivos
    * Educação do filhote
    * Distúrbios compulsivos e fobias
    * Agressividade e insegurançaa
    * Dicas importantes [Pular em cima das pessoas, brincar de morder, pedir comida, xixi e cocô no lugar certo]

    DOMINGO

    * Palestra veterinária
    * Noções de primeiros socorros
    * Adestramento básico (teoria e prática)
    Carga horária: Sábado de 9 as 18h e Domingo de 9h as 17h. Nos dois dias terão intervalos de1h para almoço e 20 min para lanche.

    O curso será ministrado na Tijuca [ Rua Antonio Basílio, 135, quase na esquina da Rua Pinto de Figueiredo]

    Forte abraço!
    Elaine Natal

  • Elaine Natal disse:

    Ola Juliana,
    o curso será no Rio sim, mas precisamente na Tijuca.
    A nova data é 26 e 27 de novembro.
    Forte abraço
    Elaine Natal

  • juliana novaes disse:

    OLá BOA TARDE,GOSTARIA DE SABER ,O END DO CURSO ,SE FCA NO RIO DE JANEIRO,CASO CONTRÁRIO NÃO PODEREI FAZE_LO.
    DESDE JÁ OBRIGADA
    UM ABRAÇO
    A EQUIPE
    JULIANA NOVAES

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>